in

Nova greve dos caminhoneiros pode começar a qualquer momento, eles fazem nova exigência

A greve dos caminhoneiros colocou o Brasil em um patamar que há muito tempo não se via, pois os preços dispararam nos mercados, farmácias, postos de combustíveis e o valor dos serviços prestados pelos mais diversos profissionais vem acompanhando esta alta.

Publicidade

Com a falta de gasolina, etanol, leite, ovos, verduras e muitos outros produtos, os preços dispararam e apesar da paralisação já ter acabado, os valores não foram reduzidos. E se a vida do brasileiro já está difícil assim, pode piorar ainda mais com uma nova greve que os caminhoneiros estão ameaçando fazer.

As empresas transportadoras estão se mobilizando para as mudanças na tabela do frete mínimo e os caminhoneiros acompanham tudo atentamente, sendo que muitos não acreditam em melhoras.

Publicidade

Estes motoristas acreditam que por causa do lobby dos grupos, a tabela que foi instituída pelo governo poderá não prevalecendo, mas eles garantem que vão continuar lutando e até promovendo uma nova mobilização, caso seja necessário.

Publicidade

A exigência dos caminhoneiros agora é que o acordo seja respeitado.

Publicidade

Ivar Luiz Schmidt, representante do CNT – Comando Nacional do Transporte, avisou que se a tabela for derrubada, será realizada uma greve dos caminhoneiros ainda pior do que esta última e será difícil chegar a uma negociação, pois os motoristas estarão revoltados, por se sentirem enganados.

Ivar Schmidt foi quem criou os grupos para a greve em 2015 e hoje está inscrito em dezenas de grupo, ajudando no debate dos assuntos. Ele contou que pelos comentários no WhatsApp, se não for respeitado o que ficou decidido para o fim da paralisação, uma greve pior poderá acontecer.

Publicidade
Destaque: Mulher quase é presa por emagrecer demais! Confira
Publicidade
Publicidade