in

Bolsonaro lidera corrida presidencial com o dobro de votos do 2º e desespera concorrentes

A pré-candidatura de Jair Bolsonaro (PSL) à Presidência da República está cada mais consolidada e pesquisa divulgada pelo DataPoder360, nesta terça-feira (5), mostra o deputado federal na liderança em todos os cenários.

Publicidade

O levantamento foi feito via telefone entre os dias 25 e 31 de maio com 10.500 pessoas em 349 cidades. A margem de erro é de 1,8% ponto percentual para mais ou para menos.

No primeiro cenário pesquisado, Bolsonaro lidera com 25% dos votos, enquanto o segundo colocado Ciro Gomes (PDT) tem 12%. Fernando Haddad (PT) tem apenas 8%. Geraldo Alckmin (PSDB) aparece na quarta posição com 7%. Alvaro Dias (Podemos) e Marina Silva (Rede) têm 6%, cada um.

Publicidade

No segundo cenário, o DataPoder360 testa o nome de João Doria como candidato do PSDB. Bolsonaro segue na liderança com 22%. Ciro Gomes é o segundo colocado com 12%. Haddad tem 8%. Marina Silva recebe 7% dos votos. Doria e Alvaro Dias têm 6%, cada.

Publicidade

O terceiro cenário apresenta mais candidatos e Bolsonaro segue na liderança com 21%. Ciro tem 11%. Marina Silva tem 7%. Haddad e Alckmin receberiam 6%. Alvaro Dias tem 5%.

Publicidade

No baixo clero da corrida presidencial, Manuela D'Ávila (PCdoB) tem 2%. Fernando Collor (PTC), Flávio Rocha (PRB), Henrique Meirellees (MDB), Rodrigo Maia (DEM) têm 1%, cada.

Afif Domingos (PSD), Guilherme Boulos (PSOL), João Amôedo (Novo), Paulo Rabello (PSC) somaram menos de 0,5% cada um. A soma de votos dos quatro representa 0,8% dos votos.

Bolsonaro vence os quatro cenários do segundo turno

O bom desempenho de Jair Bolsonaro segue nos cenários de segundo turno da eleição presidencial e desespera concorrentes, já que está cada dia mais difícil superar o deputado federal de direita.

O candidato do PSL venceria Alckmin por 31% a 20%. Ciro Gomes seria derrotado por 34% a 21%. Contra Marina Silva, a vitória seria de 35% a 25%. A vitória de Bolsonaro seria ainda mais tranquila se o adversário fosse Fernando Haddad: 35% a 20%.

 

Publicidade
Publicidade