in

Novo aumento da gasolina anunciado pela Petrobrás gera revolta

O preço da gasolina aumentou novamente nas refinarias após outra decisão da Petrobrás. A companhia informou uma elevação de 2,25% no preço do produto passando de R$ 1,9671 para R$ 2,0113 a partir desse sábado (2), essa é a segunda alta seguida após cinco quedas consecutivas.

Publicidade

O último aumento foi dado na quarta-feira (30), mesmo que houve uma redução de 2,84% no dia anterior. Entre todo o mês de maio e os primeiros dias de junho houveram 14 altas e 6 quedas no preço do produto, acumulando assim um aumento total de 11,29% somente nas refinarias, o que pode ocorrer um aumento ainda maior para o consumidor final gerando revolta entre eles.

Já o diesel irá permanecer no valor de R$ 2,0316 nas refinarias até o dia 7 desse mês, uma vez que está estabelecida essa regra no programa anunciado pelo governo que firmou a redução de quase 50 centavos no preço desse combustível nos próximos 60 dias.

Publicidade

O repasse dos preços cobrados nas bombas para quem for utilizar o produto depende diretamente das distribuidoras e dos donos dos postos. Os cortes que foram anunciados nos últimos dias ainda não foi sentido pelos consumidores depois do caos da greve dos caminhoneiros.

Publicidade

Desde o ano passado a Petrobras tem um novo formato de aumento de preços com uma metodologia de reajustes diários que reflete diretamente no valor do preço do petróleo que reflete para quem for abastecer.

Publicidade

A variação atingida pelo dólar e a cotação do petróleo também agem diretamente na decisão tomada ao ser decretado um aumento ou queda de preço. Depois de alguns anos atingindo um valor mínimo, hoje o petróleo tem se tornado mais caro a cada dia.

Publicidade
Publicidade
Publicidade