in

São Paulo perde invencibilidade e Aguirre explica motivo

São Paulo perdeu para o Palmeiras fora de casa de 3 x 1, neste sábado (02) pela nona rodada do Campeonato. Após quebrar a corrente de inúmeras vitórias no Campeonato Brasileiro, o técnico Diego Aguirre falou várias vezes os motivos de uma derrota após perde a invencibilidade. 

Publicidade

Aguirre explicou o motivo da quebra de invencibilidade e resumiu à normalidade o fato: “São coisas que acontecem. Estávamos em uma sequência de vitórias, de coisas boas, e isso (derrota) está dentro do normal. O Brasileiro é difícil, e isso pode acontecer. Estamos bem, nas primeiras posições… Foi um derrota dolorosa, mas temos que continuar em frente”.

O São Paulo tinha três vitórias seguidas. Existia a esperança de vencer fora de casa, mas acabou não acontecendo. Foi a sétima vez que o Tricolor perde na arena do Palmeiras, e mantém a média de levar 3 gols por jogos, ficando assim, 21 gols no total, marcados apenas 4 na arena do Rival. Contudo, para Aguirre, a história de resultados no estádio rival não tem importância.

Publicidade

“Eu não olho para trás. Não tem mistério, estamos bem. Temos que ganhar o próximo jogo para estar onde queremos estar”.

Publicidade

Aguirre também voltou a repetir. “Tomamos um segundo gol em que o atacante (Willian) estava impedido e nos tirou a concentração. Não deveria acontecer, mas acontece. Temos que tomar isso com tranquilidade. Fazia dois meses que não perdíamos, a fase do time é boa. Lutamos, acabamos perdendo e temos que olhar para frente”.

Publicidade

O treinador também explicou que estavam sem o volante Hudson, que sentiu uma dor na coxa direita e foi substituído no segundo tempo por Petros.

Para o próximo jogo, que será na terça feira contra o internacional, existe a dúvida se Hudson irá jogar. Também não terá Nenê e Bruno Alves, que levaram o terceiro cartão amarelo e foram suspensos.

Publicidade
Publicidade
Publicidade