in

PSG mira jogador do São Paulo e oferece bolada para evitar concorrência

Parece que está chegando mesmo a hora do São Paulo perder jogadores do seu elenco principal. A especulação é que pelo menos quatro atletas deixem o Morumbi depois da Copa do Mundo: Marcos Guilherme, Cueva, Rodrigo Caio e Éder Militão.

Publicidade

Com as propostas chegando, a diretoria do tricolor começa a analisar o que fazer e como aproveitar para lucrar com essas vendas. Um dos atletas que pode deixar o clube na janela de transferência da metade do ano é Éder Militão.

O lateral-direito titular do São Paulo entrou na mira dos grandes clubes europeus e pode acabar indo para o gigante frânces, Paris Saint-Germain. O time milionário que tem Neymar, Thiago Silva e Marquinhos no elenco está disposto a oferecer bolada para evitar a concorrência e garantir a compra de mais um brasileiro.

Publicidade

Vale lembrar que o Porto também se mostrou interessado em ficar com o jogador. Militão tem contrato com o São Paulo até janeiro de 2019 e pode assinar um pré-contrato com qualquer clube a partir do mês que vem, em julho.

Publicidade

A torcida e o clube não tem esperança da permanência do lateral e de acordo com os jornais esportivos, o PSG vai oferecer cerca de R$ 17 milhões para ficar com o são-paulino. Com esse valor, ele desbanca a concorrência o pode ter Éder Militão no elenco a partir do ano que vem.

Publicidade

Como Daniel Alves, atual lateral direito do clube parisiense, vai ficar cerca de seis meses longe dos gramados após uma lesão que o tirou também da Copa. A ideia do PSG é já pensar em possibilidades de substituto mirando as próximas temporadas. Hoje, o reserva de Daniel Alves é Thomas Meunier.

Publicidade
Publicidade
Publicidade