in

Aguirre não descarta ida para Seleção Uruguaia, mas tem planos para o São Paulo na parada para a Copa

O técnico Diego Aguirre conseguiu mudar a cara do São Paulo e seu trabalho está tendo resultado. Vice-líder no Brasileirão e invicto após a oitava rodada, o treinador já fala sobre o recesso que terá durante a Copa do Mundo e o que pretende fazer com o grupo.

Publicidade

Mesmo se mantendo cauteloso, Aguirre sabe que o São Paulo melhorou e segundo ele, vai continuar melhorando. O time ainda tem quatro jogos até a pausa para o Mundial e a meta do grupo é ficar entre os quatro primeiros colocados.

Durante o recesso, nada de folga. É trabalho intenso para dar continuidade aos bons resultados que o São Paulo está conquistando.

Publicidade

"É muito importante para nós, vamos ter quase um mês para trabalhar, coisa que não tivemos. Faz dois meses e meio que eu e minha comissão estamos em São Paulo e é pouco tempo, é muito jogo, então vamos aproveitar os treinamentos. A parada para a Copa vai ser muito importante, e com certeza vamos continuar melhorando", disse em entrevista a Cléber Machado.

Publicidade

Aguirre e a Seleção Uruguaia

O São Paulo ainda não fala sobre isso, mas não se pode descartar uma saída do treinador após a Copa do Mundo. Embora o treinador prefira desconversar, ele não descarta uma ida para substituir Óscar Tabárez que deve se aposentar depois do Mundial.

Publicidade

"Algum dia pode ser. Sempre tem (especulação), há anos que tem. Eu trabalhei na seleção com Tabárez, no processo de formação da seleção, e é normal falarem. Algum dia ser o treinador da Seleção é o máximo pelo orgulho do que significa ser o treinador do seu país", explicou.

Vale lembrar que o São Paulo não tem uma cláusula no contrato do treinador que prevê a liberação para o caso de uma proposta real da seleção do seu país. Raí inclusive disse que confiava na palavra de Aguirre e levaria isso mais em conta do que um contrato.

 

Publicidade
Publicidade
Publicidade